Como medir a saúde e como nosso posicionamento influencia nossa saúde 1

Como medir a saúde e como nosso posicionamento influencia nossa saúde

A saúde é acordada pela Organização Mundial da Saúde como “um estado de bem-estar físico, mental e social completo”. Em algumas palavras, é um estado de estar livre de doenças e enfermidades. A saúde é um conceito multifacetado e há diversas maneiras de defini -lo. O postagem a seguir discute como medir a saúde e como nosso comportamento afeta nossa saúde.

Conceituação da saúde

A saúde é um conceito complexo com dimensões descritivas e avaliativas. A maioria dos conceitos de saúde é moldada por contextos sociais. O status socioeconômico influencia a maneira como as pessoas pensam pela saúde, e diferentes grupos sociais valorizam práticas diferentes. Nesse artigo, exploramos a forma como a saúde é conceituada em diferentes contextos sociais e como esses conceitos afetam os programas de intervenção em saúde pública.

As desigualdades socioeconômicas na saúde são particularmente nocivos aos grupos socioeconômicos mais baixos, porém houve poucas pesquisas a respeito como diferentes estratos sociais conceituam a saúde. Isso é problemático por causa de, se as políticas de saúde não refletem os valores de todos os estratos, tua legitimidade está em traço. Então, os formuladores de políticas precisam se concentrar no fechamento da lacuna de mortalidade, além de aperfeiçoar a peculiaridade de existência de todas as pessoas. É importante captar as diversas possibilidades da saúde, a fim de desenvolver políticas de saúde eficazes.

A saúde pode ser determinada como estilos físicos, mentais, emocionais, sociais e ambientais da vida de uma pessoa. Bem como adiciona a perícia do ser de se encaixar às ocorrências e ambientes sociais. Tendo como exemplo, a inteligência de um indivíduo de se auto-gerenciar e aguentar com o estresse é um componente interessante da saúde.

Medição da saúde

A medição da saúde se concentra pela indicação de fatores que afetam a saúde de uma pessoa. Esses fatores incluem biologia, genética, modo individual, serviços de saúde e ecossistema. Os autores sugerem métodos para medir a saúde de numerosas populações nos Estados unidos e no exterior. Esses métodos não são só úteis em debates políticos, entretanto assim como pra pesquisa.

As escalas de medição são ferramentas usadas pra colher e pesquisar fatos para avaliar a saúde de uma pessoa. Eles são comumente usados ​​nos cuidados de saúde pra avaliar a população e a saúde individual. As entradas nesta seção fornecem sugestões em segundo plano e exemplos de algumas escalas. Os autores de McDowell 2002 e Kane 2005 definem escalas de medição de saúde e discutem teu papel nos cuidados de saúde. Bowling 1997 descreve o desenvolvimento e análise de escalas de saúde. Uma tabela abrangente de escalas de medição de saúde poderá ser encontrada nos parceiros no acesso de informações pro banco de dados da potência de serviço de saúde pública.

O primeiro passo pela avaliação de uma intervenção em saúde é mensurar o estado de saúde antes e depois da intervenção. O próximo passo é verificar a modificação no estado de saúde outra vez após a intervenção. Assim sendo, a modificação pode estar relacionada à intervenção.

Efeitos do modo individual pela saúde

Verificou -se que o posicionamento individual influencia os resultados da saúde em incalculáveis contextos. Por exemplo, deixar de fumar diminui significativamente o risco de doenças cardíacas e várias intervenções de saúde pública se concentram pela mudança do comportamento individual. Apesar de que alguns comportamentos estejam geneticamente predispostos, como o uso de drogas, outros são capazes de ser influenciados por fatores socioeconômicos.

As teorias de grau individual têm influenciado pela busca de jeito em saúde há mais de quatro décadas, no entanto ainda não são amplamente validadas. Felizmente, estão surgindo recentes direções pra testar a validade dessas teorias. É possível que essas direções incluam abordagens multiníveis e multidisciplinares. Afinal, essas abordagens são capazes de assegurar que as teorias de nível individual existentes ainda sejam significativas pra saúde.

Na atualidade, processos biossociais que conectam comportamentos individuais à saúde estão sendo estudados. Estes fatores adicionam discriminação, emoções, estresse e processos cognitivos, como tomada de decisão e enquadramento. Como resultado, ainda há muito a assimilar a respeito como estes fatores afetam os comportamentos individuais da saúde.